segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

SÍNTESE BÍBLICA – Rute

            Este pequeno e singelo livro é de uma beleza encantadora. É impossível para qualquer leitor não se envolver nesta história de duas mulheres, sogra e nora, que privadas de tudo que lhes pudesse dar algum conforto, aprendem a viver dia a dia na dependência dos recursos de Deus. O testemunho de fé de Rute, uma moabita, é um raio de sol na escuridão da incredulidade dos israelitas, chamados de povo de Deus.
O escritor constrói a história de forma delicada e discreta. É possível encontrar ao menos quatro cenas centrais, com suas respectivas interligações, de maneira que não seria difícil transformar a história em um drama (peça) em quatro atos.
O autor recria uma atmosfera de vila interiorana, onde todos se conhecem e compartilham da vida uns dos outros. O tempo é medido pelas atividades agrícolas, e termina com o ápice da fecundidade humana. Nesse ambiente se desenvolve o processo de profunda tristeza [doença/morte] para a extrema felicidade [nascimento/vida], da perda à plenitude.
            O livro recebeu o título do personagem central da narrativa – Rute. O cenário histórico é determinado no primeiro verso: “Nos dias em que julgavam os juízes”, ou seja, em um dos períodos mais decadentes da fé israelita, destaca-se a fé de uma mulher estrangeira, que apesar de todos os infortúnios que a vida lhe reservou, em nenhum momento barganha com Deus ou se põe a lamentar contra Deus, ao contrário, em todo o tempo ela mantém-se firme em sua convicção de que o único Deus verdadeiro e no qual pode esperar auxílio é o Deus de Israel (Noemi).
            Enquanto na Bíblia Cristã esse pequeno livro vem logo após o de Juízes, na Bíblia Hebraica ele é deslocado para a terceira e última parte do cânon, denominado de Escritos, juntamente com outras literaturas produzidas em um período posterior. Esse pequeno livro era lido no transcorrer da festa de Pentecostes, uma das mais importantes do calendário religioso israelita.
            A história de Rute não é apenas um registro histórico do povo israelita durante o período dos juízes, mas contém alguns princípios relevantes da teologia bíblica do Antigo Testamento. Começa por inserir a figura de outras nacionalidades, no caso especifico os cidadãos de Moabe, na Aliança inicialmente estabelecida por Deus com a nação de Israel. E mais ainda, Rute não apenas entra na Aliança, como vai ser inserida na linhagem direta do Messias, pois seu filho com Boaz será o avó do rei Davi, cujo o trono será estabelecido para sempre, conforme promessa divina e do qual haverá de vir (veio) o Messias que reinará para sempre sobre todas as nações. E por fim, a figura de Boaz (gaal) “parente próximo” que detinha o direito de resgatar a dívida e assim restituir à Noemi/Rute o direito de sua propriedade, tipifica a pessoa e obra de Jesus, que como nosso “parente próximo” (quando de sua encarnação – assumindo a plenitude de nossa humanidade) resgata as nossas dívidas e nos dá o direito de usufruirmos das bênçãos eternas.
            Nestes dias de tanta tensão e violência em relação à religião, esse pequeno livro torna-se um oásis de amor em meio ao deserto do ódio e violência. O amor sincero de Rute (moabita) por sua sogra Noemi (israelita) e a decisão de permanecerem juntas e professarem uma mesma fé, é algo extremamente significativo. Por mais de uma vez Noemi tenta dissuadir Rute de sua resolução, argumentando inclusive que ao retornarem para Belém a jovem viúva não deveria esperar mais do que repúdio e desconfiança em relação à sociedade israelita, pelo simples fato dela ser uma estrangeira. Entretanto, Rute permanece resoluta em sua decisão e reiterada vezes professa sua fé no Deus de Israel.
            Por fim, nesses últimos tempos, em que a “fé cristã” tornou-se um balcão de negócios; em que poucas pessoas demonstram genuína convicção naquilo que professam crer; em que se busca a todo custo a autossatisfação e o prazer hedonista é o deus principal no panteão vigente da sociedade brasileira, ler a história de uma jovem mulher que está disposta a crer contra todas expectativas é algo que deveria nos fazer refletir e reavaliar que tipo ou qual a qualidade da nossa fé.

Esboço Básico
I. Mudança da família de Noemi para Moabe (1.1-5)
Morte do marido e dos filhos de Noemi
II. Decisão de Noemi em retornar para Belém (1.6-17)
            Decisão de Rute e Orfa em ir com ela (1.8-10)
            Orfa decide retornar à casa de seus pais (1.11-14)
            Rute ratifica sua fé e permanece com Noemi (1.15-17)
III. A chegada e dificuldades para sobreviverem (capto 2)
            A bondade de Boaz para com Noemi e Rute
IV. A decisão de Rute em buscar ajuda de Boaz (capto 3)
            Boaz aceita reivindicar o direito de “parente próximo”
V. Boaz torna-se o resgatador de Noemi e Rute
            Casamento de Boaz e Rute (4.13)
            Nascimento de Obede [avó de Davi] (4.17)

Estatísticas: 8º livro da bíblia; 4 capítulos; 85 versos; não contém nenhuma mensagem específica de Deus.

Cronologia História
            A elaboração de uma cronologia dos fatos históricos da bíblia é sempre um exercício difícil, pois nem sempre os acontecimentos são demarcados com indiscutível exatidão. Mesmo com o avanço expressivo da ciência arqueológica há muito que ignoramos da época Patriarcal (Genesis), dos primórdios de Israel e seu estabelecimento em Canaã (Êxodo-Rute). A partir da Monarquia (Davi) a cronologia começa a ter maior grau de exatidão e conciliação com a História geral da época.
Cronologia Histórica
História de Israel
Historia Geral
Egito-Palestina na época do Bronze Antigo

Império Antigo (2600-2500)

Império Médio (2100-1730)

Mesopotâmia
3ª dinastia de Ur (2100-2000)

Código de Hammurabi
rei de Babilônia
(1800)

Patriarcas
Época do Bronze Médio
Chegada de Abraão em Canaã
(próximo de 1850)

Jacó e sua família sobem para o Egito
(próximo 1700)
Opressão dos israelitas no Egito
Moisés e Josué


Egito – Ramsés II

(1304-1238)
Batalha em Cades (1286)

Saída dos israelitas do Egito
A Promulgação da Lei – Monte Sinai
(próximo de 1250)

Me. ipg

Artigos Relacionados
SÍNTESE BÍBLICA – Juízes
SÍNTESE BÍBLICA – Josué
SÍNTESE BÍBLICA – Deuteronômio





Um comentário:

  1. Agradecida por este tão valioso blog cheio de informações preciosas. Rute ,minha preferida entre as mulheres dda Biblia.

    ResponderExcluir